top of page
  • Foto do escritorComuni4 Imaginação e Comunicação

Como Funciona a Abertura Rápida de Empresas

Abertura rápida de empresas tipo Ei. SLU - antiga Eireli - e Ltda.


Para a abertura rápida de empresas tipo Ei. SLU - antiga Eireli - e Ltda, lhe apresentamos o passo a passo completo para entregar a constituição do seu negócio de maneira adequada, seguindo todas as regras legais e fiscais, deixando tudo pronto para você, onde estiver, de forma urgente e segura.

- Natureza jurídica (empresário individual, sociedade limitada)

- Regime tributário (simples nacional, lucro presumido, lucro real etc.)

- Definição da área de atuação da empresa, com base na classificação nacional de atividades econômicas (CNAE), essencial para destacar quais tipos de atividades o negócio vai exercer em sua operação.


1 - Desenvolvendo o Contrato Social da empresa

Também conhecido como a certidão de nascimento de uma empresa ou organização, o contrato social é a primeira obrigação a ser feita para se abrir um CNPJ. No conteúdo do contrato social existem itens fundamentais do modelo de negócio que está se formalizando, e descrevem os detalhes jurídicos do CNPJ da empresa: ​- Quadro societário (quem são os sócios da empresa) - as configurações jurídicas e tributárias do negócio - capital social - endereço da sede - os deveres de cada fundador com a empresa - ramo de atuação

Observações sobre o Contrato Social

Para a abertura rápida de empresas tipo Ei. SLU - antiga Eireli - e Ltda, lhe apresentamos o passo a passo completo para entregar a constituição do seu negócio de maneira adequada, seguindo todas as regras legais e fiscais, deixando tudo pronto para você, onde estiver, de forma urgente e segura. - Natureza jurídica (empresário individual, sociedade limitada) - Regime tributário (simples nacional, lucro presumido, lucro real etc.) - Definição da área de atuação da empresa, com base na classificação nacional de atividades econômicas (CNAE), essencial para destacar quais tipos de atividades o negócio vai exercer em sua operação. Para CNPJ do tipo Ei existe o requerimento de empresário como documento de constituição.

2 - Definindo o capital social da empresa

Esta é uma das dúvidas mais recorrentes entre os empresários que estão abrindo seu CNPJ, sobretudo quando existem mais de um sócio envolvido no contrato social do negócio.

Mas o que é capital social e como se define seu valor?

O capital social de uma empresa se trata do valor monetário que os sócios ou acionistas definem no momento da abertura da empresa. Em outras palavras, o capital social refere-se especificamente a uma quantia bruta declarada no contrato social da empresa e que serve como investimento necessária para começar as atividades que serão realizadas pelo novo negócio. O valor deste montante investido leva em consideração o fator tempo, pois, como a empresa é recém criada, ainda não é capaz de gerar lucro suficiente para sustentabilidade de sua saúde financeira.

Como se define o valor do capital social?

A definição do valor de capital social do negócio é tarefa muitas vezes difícil e que nós da CNPJ urgente auxiliamos consultivamente nessa etapa, visando uma eficiente formalização da empresa e para que você não perca tempo. Para quem abre empresa por meio de regime de MEI, e não sabem bem definir o valor do capital social, recomenda-se iniciar com valor de r$ 1000,00. Em outro momento, conforme o crescimento do negócio, é possível se alterar esse valor, caso necessário.

Capital social é diferente de faturamento?

Trata-se de uma dúvida recorrente em empresários tipo MEI, que nesse tipo de CNPJ podem inclusive começar suas atividades com qualquer quantia. O que confunde é que MEI são limitados a faturarem um valor mensal e anual específico, que pode mudar a cada ano, isto porque pagam um tipo de imposto único e simplificado, o simples nacional. Atualmente, o valor mensal que microempreendedores individuais podem lucrar é de R$ 6.750,00 mensais, ou R$ 81 mil por ano. Em outros tipos de CNPJ, a regra que define o valor do capital social é diferente.

Capital social para empresários individuais

Para empresas SLU, o capital social precisa ser a partir de 100 salários mínimos, sendo importante ressaltar que esse valor não precisa ser comprovado, mas deve estar disponível. Ter esse valor quando solicitado, evita problemas de inconsistência na declaração de imposto de renda da pessoa física no ano seguinte, já que na tributação daquele ano constará a sua empresa no valor declarado (100 salários mínimos). Toda alteração feita no capital social da empresa tipo SLU deve ser o quanto antes alterada, isso leva em consideração mudança de endereço e aumento no valor do salário mínimo vigente.

Para que serve o capital social da empresa?

Por se tratar de um investimento inicial, o capital social deve ser entendido como um valor de manutenção e/ou compra de equipamentos, ferramentas, veículos, softwares entre outros insumos e matérias primas necessárias para o desenvolvimento do negócio e, por assim dizer, viabilidade de sua operação.

Como mudar o capital social da empresa?

Esse procedimento é perfeitamente possível, no entanto é mais fácil aumentar seu capital social do que solicitar a redução. No caso de diminuir o valor, é necessário fazer alguns procedimentos: ​- Não pode ter dívidas; - precisa publicar em jornal – e o valor da publicação tem um custo elevado; - após 90 dias da publicação, se não houver contestação, realiza-se a redução do capital. No caso de aumentar o capital social da empresa, é possível simplificar o procedimento, mas em geral, o caminho mais comum é pagar taxas da junta comercial além dos custos de serviços do seu contador. Agora que você sabe a importância do capital social da empresa no processo de abertura de CNPJ, seguiremos com a etapa de separação de documentos importantes.

3 - Coleta e separação de documentos

Feito o contrato social, os sócios e mais duas testemunhas assinam o documento para que seja registrado na junta comercial - órgão responsável pelo registro de atividades ligadas a sociedades. Juntamente com o contrato social, devem ser encaminhados também outros documentos para selar a formalização à junta comercial: ​- Documento de identidade dos sócios (original e cópia) e CPF ou - carteira de habilitação; - comprovante de residência; - carnê do IPTU do lugar onde a empresa funcionará; - contrato social; - comprovante de pagamento das taxas DARE e DARF.

4 - Solicitar pedido na Receita Federal

Agora que o contrato social está assinado, anexado às cópias de documentos e registrado na junta comercial, o passo seguinte é solicitar o pedido de abertura do CNPJ da empresa na receita federal. Este procedimento pode ser feito via internet ou presencialmente.

5 - Consultar pelo CNPJ da empresa

Pronto! Agora que empresa ou ramo de atuação estão devidamente formalizadas você pode consultar seu CNPJ pelo site da receita federal e consultar as seguintes opções: ​- Marcador emissão de comprovante de inscrição e de situação cadastral; - marcador consulta CNPJ eleições; - marcador consulta da situação do pedido de CNPJ enviado pela internet; - marcador consulta dados abertos do CNPJ. Chegando até aqui, com todos esses procedimentos realizados, sua empresa está aberta, com CNPJ pronto para começar a operar.

Comments


bottom of page